Como Ligar o Driver TB6600 com Arduino

Muitas pessoas acabam deixando de utilizar motores de passo em seus projetos por não saberem muito sobre seu funcionamento, como controlar sua velocidade ou até mesmo na maioria das vezes como ligá-los ao driver. Neste tutorial vamos mostrar  como realizar o controle de um motor de passo de 6 fios que aceita ligação bipolar e unipolar com um Driver TB6600 através de uma placa Arduino Uno.

Driver TB6600

Figura 1 – Driver TB6600

 

Para montagem vamos utilizar alguns componentes.

Materiais Necessários 

1 Unidade –  Motor de Passo NEMA 23 – 7,6 kgf.cm / 2,40A

1 Unidade – Driver TB6600

1 Unidade – Fonte Chaveada 24V 5A

1 Unidade – Arduino Uno

1 Unidade – Protoboard 830 pontos

1 Unidade– Potenciômetro Linear de 1K

4 Unidades – Chave Táctil 6x6x5mm 4 Terminais;

4 Unidades – Resistor 10K 5% (1/4W);

3 Unidades – Resistor 220R 5% (1/4W);

2 Unidades – Jumper Macho Macho

1 Unidade – Jumper Macho Fêmea

1 Unidade – Cabo USB 2.0 – A-B;

 

Configurando o Driver TB6600

Um detalhe importante sobre o Driver TB6600 é que ele só aceita ligação bipolar (4 fios) e é um driver que possui proteção contra sobretensão, sobrecorrente e curto-circuito. Ele é configurável para até 8 valores de correntes de operação e 5 divisões de micropasso.

Driver TB6600

Figura 2 – Driver TB6600

A primeira coisa a se verificar é a corrente nominal do motor de passo, pois com esse dado vamos configurar nosso Driver TB6600 para a corrente de operação correta. É de extrema importância que essa configuração esteja correta pois se a corrente configurada for abaixo do valor nominal, nosso motor não terá o torque esperado na ponta do eixo, e caso a o valor configurado for acima da corrente nominal do motor podemos ocasionar um sobreaquecimento no motor que acabará danificando o mesmo.

 

Dados Técnicos

Nos dados técnicos deste motor podemos verificar que sua corrente de operação é de 1,7 A por fase.

Dados técnicos do motor

Figura 3 – Dados técnicos do motor

 

Configuração de Corrente Limite do Driver

Com base nessa informação vamos configurar nosso driver para o valor de corrente mais próximo deste valor. A configuração do driver é realizada através das dip-switches vermelhas que encontram-se na parte frontal.

Driver TB6600

Figura 4 – Driver TB6600

Na parte lateral do nosso driver existem duas tabelas impressas, uma com as combinações das chaves 1, 2 e 3 para configuração da corrente do motor e outra com as combinações das chaves 4, 5 e 6 para configuração dos micropassos. Vamos por enquanto adotar a opção de 1 micropasso, e veremos com mais detalhes o que cada uma dessas opções da tabela significa após tudo funcionando. Vejamos então:

Driver TB6600

Figura 5 – Driver TB6600

 

De acordo com a tabela vamos utilizar a opção 1,8A que é a opção mais próxima do que agente precisa que é 1,7A. Dessa forma temos que deixar as dip-switches 1, 2 e 3  na posição OFF/OFF/ON e as dip-switches 4, 5 e 6  na posição OFF/ON/ON respectivamente.

Driver TB6600 - Note que o posição ON é para baixo e a posição OFF é para cima.

Figura 6 – Driver TB6600 – Note que o posição ON é para baixo e a posição OFF é para cima.

Configuração de Micro Passos

Vamos agora ligar o motor de passo ao Driver TB6600. Para isso devemos identificar os fios do motor. Essa informação também encontra-se na folha de dados técnicos do motor de passo.

Ligação bipolar série

Figura 5- Ligação bipolar série

Importante: Os fios Branco e Preto devem ser isolados separadamente um do outro, a interligação dos dois fios ocasionará um curto-circuito no driver.

Agora que temos todas essas informações a ligação deve ficar da seguinte maneira:

Circuito Driver TB6600 com Arduino

Figura 7 – Circuito Driver TB6600 com Arduino

Note que as entradas digitais DIR, PUL e EN do driver estão com seus terminais negativos ligados ao GND e seus terminais positivos estão ligados com resistores pois cada entrada dessa é optoacoplada e isso significa que para ligá-las devemos acender o LED interno, dessa forma para nosso Arduino que é 5V utilizamos resistores de 220R. Caso estivéssemos utilizando um controlador de 24V o resistor deveria ser de 1K.  Outro ponto importante a ser observado são as cores dos fios, elas foram devidamente marcadas no esquema para mostrar que os canais A+/A-/B+ e B- foram ligados respectivamente aos terminais do driver com as mesmas descrições.

Programação

Este circuito possui 4 botões que são eles da esquerda para a direita respectivamente Liga, Desliga, Horário e Anti-horário. E o potenciômetro à direita é para controlar a velocidade do motor. Agora com nosso driver devidamente configurado e a ligação concluída, chegou a hora de descarregar o código fonte na placa Arduino para verificar o funcionamento. O código a seguir foi comentado linha a linha para um melhor entendimento do que está sendo feito em cada etapa.

Veja após tudo realizado como fica.

 

Conclusão

Agora para concluir vamos entender o que são as divisões de micropassos. Até esse momento utilizamos a opção 1 e você devia estar se perguntando o que é isso. Isso nada mais é do que uma forma de dividir a quantidade de pulsos que o driver recebe do controlador antes de enviar para o motor. Veja o que cada uma delas faz:

Opção 1 (que é a que utilizamos)

1 pulso na entrada PUL = 1 passo no motor;

Opção 1/2

2 pulsos na entrada PUL = 1 passo no motor;

Opção 1/4

4 pulsos na entrada PUL = 1 passo no motor;

Opção 1/8

8 pulsos na entrada PUL = 1 passo no motor;

Opção 1/16

16 pulsos na entrada PUL = 1 passo no motor;

Essa é uma funcionalidade que faz com que o driver seja mais versátil e compatível com mais tipos de controladores. Isso existe porque alguns controladores emitem uma frequência muito alta bem acima do que o motor pode responder. Esse nosso motor por exemplo, ele responde bem até 1000 passos por segundo (1Khz na entrada PUL), imagine se nosso controlador só conseguisse fornecer 4Khz, teríamos que ligar a opção 1/4 para podermos adequar o driver ao controlador. Isso ocorre bastante em casos em que se precisa instalar o driver numa máquina que estava funcionando com outro driver por exemplo.

Pois bem, agora altere a divisão de micropassos e veja o que ocorre com o motor em cada uma delas.

Gostou? Tem alguma dúvida? Comente e visite nossa loja Baú da Eletrônica!

Comments (7)

  1. Samuel setembro 7, 2017
    • Equipe Baú da Eletrônica janeiro 11, 2018
  2. ADRIANO Celso novembro 16, 2017
    • Equipe Baú da Eletrônica dezembro 27, 2017
  3. Rhaicmer novembro 30, 2017
    • Equipe Baú da Eletrônica dezembro 27, 2017
  4. carlos alves da costa janeiro 7, 2018

DEIXE UM COMENTÁRIO